Coisas do Tempo

Um olhar sociológico da sociedade e do mercado

Um olhar sociológico da sociedade e do mercado

Um olhar sociológico da sociedade e do mercado – Para quem não conhece o projeto Negócios de Sergipe, foi uma iniciativa minha de dialogar com Empresários e autônomos do estado de Sergipe com o objetivo de aprender com as suas experiências de gestão durante o período da pandemia do COVID-19.

Mas antes de iniciar as conversas com esse público específico abri o projeto com uma conversa com o sociólogo Horimo Medeiros no intuito de entender como o mercado dialoga/interage com a sociedade visto que ambos passam por um processo de mudança simultânea. O mercado tenta novos formatos de produção e de entrega, enquanto a sociedade testa novos modelos de consumo a exemplo da aceleração forçada da adesão ao digital.

O diálogo foi dividido em três momentos:

1 – As bases do mercado/Os fundamentos do mercado 2 – O mercado brasileiro 3 – O pós pandemia

No primeiro momento foi abordado como se deu o surgimento por meio do mercado de uma nova classe social “a burguesia” e como ela por meio do capital influenciava nas formas de interação entre a sociedade e o mercado, e consequentemente nas mudanças sociais.

No segundo momento foi trazido ao diálogo o conceito de “mercado anabolizado”. Que traz a ideia de que o empresariado brasileiro, particularmente o do início do século XXI, tenha crescido de forma rápida e sem qualidade de forma similar a um frequentador de academia que não cumpre as etapas e processos necessários de uma evolução saudável. Prova disso teria sido desespero de muitos empresários no começo da pandemia ao baterem de frente com a necessidade de fechamento de suas empresas.

No terceiro momento ao pensar a pandemia e o pós pandemia discutimos alternativas básicas de estruturação empresarial baseados na corrente Weberiana que aponta como um dos seus pilares a formação intelectual continuada (Os grandes empresários do Brasil deixaram de ser intelectuais), e percebeu-se que hoje os empresários tem dois novos desafios a serem pensados durante a pandemia, para que no pós pandemia passam dar um passo à frente:

1 Temos que pensar em como “dominar o digital”, utilizar o algoritmo a nosso favor, e

2 Temos o desafio de fazer do digital um ambiente mais humano, mais social.

(Texto adaptado da Live: Sociedade e mercado – Projeto: Negócios de Sergipe).

 

Por: Nicolas Santos – Administração de Empresas (FJAV – 2015), MBA em Finanças e Controladoria (FASE – 2018), Especialização em Life Coach e Analista comportamental DISC (SLAC 2018). 

CLIQUE E CONFIRA OUTROS ARTIGOS DO AUTOR 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
×